José Couceiro não gostou de ver a sua equipa sofrer três golos em 16 minutos, que acabaram por hipotecar a hipótese de o Vitória de Setúbal pontuar no Dragão. Na zona de entrevistas rápidas à Sport TV, o técnico dos sadinos lamentou a entrada da sua equipa em jogo, mas diz que já só pensa no próximo encontro frente ao Feirense, no Bonfim.

Análise ao jogo: "Cometemos muitos erros logo a abrir, abanamos um pouco. Depois o jogo acalmou, fizemos um golo... Não está em causa a vitória do FC Porto que foi mais forte, mas para nós foi uma desilusão cometer tantos erros em tão pouco tempo. Entramos praticamente a perder, mas depois a equipa equilibrou-se emocionalmente, equilibramos o jogo no segundo temo, fizemos algumas coisas bem-feitas, mas o jogo já estava sentenciado. A sentença foi dada na primeira parte. Agora é levantar a cabeça, corrigir o que se fez mal".

Irritado ao intervalo: "São duas coisas distintas: quando perdemos, perdemos todos. E eu sou o primeiro responsável. Aqui cada um assume as suas responsabilidades, aqui dividimos esses momentos, jogadores e equipa técnica. Estamos na luta com muitas outras equipas, uma luta onde já não devíamos estar, devíamos estar bem afastados disso, mas isso é balaço para ser feito de forma mais minuciosa. Os jogadores sabem dos erros que cometem. Há lances que nos deixam ficar aborrecidos, foi isso que aconteceu, nada mais. Amanhã há treino e depois temos jogo no sábado".

Jogo importante com feirense no sábado: "Jogo com Feirense será decisivo para as duas equipas, importante para as contas da manutenção. Jogamos em nossa casa, perante o nosso público. Peço aos vitorianos que estejam em peso no estádio porque precisamos deles. Temos feitos bons jogos no Bonfim e queremos continuar. Este jogo aqui [no Dragão] foi um percalço, correu mal, mas temos feito coisas muito melhores"

Diferenças entre FC Porto e Benfica: "O FC Porto está muito forte. Depois de ganhar na Luz, este jogo ganhou uma dimensão diferente, sabíamos que íamos ter esse problema. Era diferente chegar aqui depois do jogo mais importante da época. Neste momento está tudo em aberto, mas o FC Porto depende de si, está com uma envolvência com se viu hoje no estádio. Não vou fazer prognósticos porque estou preocupado é com o Setúbal. Jogamos com os ‘grandes’ sempre para tentar pontuar. Era mais fácil chegar aqui e meter todos dentro da área, mas não fizemos isso. Algumas vezes acontece e as pessoas percebem mal, às vezes não conseguimos é sair da área. Mas estes são números pesados, dilatados, e temos de reagir. O que me preocupa é com vamos reagir e estar em condições de ganhar no próximo sábado ao Feirense".

O Vitória de Setúbal perdeu com o FC Porto por 5-1, em jogo da 31.ª jornada da I Liga.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.