Declarações de Daniel Ramos, treinador do Santa Clara, após o empate (1-1) com o Vizela, no Estádio do Vizela, da 8.ª jornada da I Liga.

"Estou bastante satisfeito com toda a gente e a entrada dos jogadores [Cryzan e Jean Patric] foi positiva, ajudando a equipa a crescer ainda mais. Criámos oportunidades para o 1-0 e podíamos ainda ter ampliado."

"Se calhar, a melhor das três equipas até ao golo foi a da arbitragem, mas, depois do golo, o critério mudou. O Santa Clara não podia ganhar? Foi uma mudança muito grande e isso influenciou muito e deixou-me, se quiserem, triste."

"O Álvaro [Pacheco] foi meu jogador e é um amigo, vivemos juntos e tenho muito apreço por ele. É um treinador que trabalha e merece tudo o que de bom lhe está a acontecer."

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.