As deliberações tomadas esta quinta-feira na Assembleia-Geral Extraordinária da Liga de Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), quanto ao alargamento do principal campeonato para 18 clubes, já foram enviadas para a Federação Portuguesa de Futebol (FPF).

Fonte da LPFP disse à agência Lusa que o organismo já remeteu para a FPF a proposta aprovada, que prevê um regime transitório de descidas no fim da presente temporada, no qual os dois últimos classificados da Liga defrontam os terceiro e quarto classificados da Liga de Honra, numa eliminatória a duas mãos.

O recurso à “liguilha”, em que o último classificado da Liga jogará com o terceiro da Honra, enquanto o penúltimo do primeiro escalão jogará com o quarto da liga secundária, recebeu 35 votos a favor, 11 contra e uma abstenção - os clubes da Liga principal tinha direito a dois votos e os da Honra um.

Das deliberações, que agora necessitam de ser ratificadas pela FPF, consta ainda o aumento de dois para três clubes a descerem da Liga principal à Honra, assim como do número de subidas ao primeiro escalão.

De acordo com a proposta hoje aprovada, os clubes vencedores das zonas Norte, Centro e Sul da II Divisão, casos de Varzim, Tondela e CD Fátima, respetivamente, garantem a “promoção direta, na presente época”, à Liga de Honra, “em vez dos dois que estavam previstos”.

Em comunicado, a LPFP destaca que o alargamento da Liga “é o primeiro passo para o aumento das receitas dos clubes profissionais em cerca de quatro milhões de euros, que será seguido pela continuação imediata do trabalho da maximização das receitas com a centralização na Liga dos direitos de transmissão televisiva”.

Em 12 de março, a AG da LPFP aprovou o alargamento da Liga já na próxima época sem despromoções à Liga de Honra, rejeitando a proposta de uma "liguilha" avançada pelo presidente do organismo, Mário Figueiredo.

Após estas deliberações, a FPF “vetou” a proposta de alargamento da Liga sem descidas de divisão, por considerar que a mesma coloca em causa "a verdade desportiva".

Entretanto, FC Porto, Sporting e Nacional enviaram para a LPFP pedidos de impugnação das decisões tomadas nessa mesma AG, referentes ao alargamento do principal campeonato, e o organismo remeteu-os para o Conselho de Justiça (CJ) da FPF.

Para a próxima época está previsto o alargamento da Liga de Honra a 22 equipas, com a inclusão de seis equipas B, medida que já foi ratificada pela FPF.

FC Porto, Benfica, Sporting, Sporting de Braga, Marítimo e Vitória de Guimarães são os clubes que anunciaram a participação das suas equipas "B".

Em 2006, os quadros competitivos do futebol profissional foram reduzidos a 16 equipas em cada escalão.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.