No rescaldo do triunfo da noite de domingo sobre o Casa Pia, o FC Porto recorre esta segunda-feira à sua habitual newsletter diária, a 'News Dragão', para falar de "uma derrota do antijogo e das provocações gratuitas" e deixar ainda acusações ao treinador-adjunto do Casa Pia, Vasco Matos, que os azuis e brancos dizem ter passado "todo o encontro a desafiar o banco" dos dragões.

"O triunfo foi merecido não só por a equipa ter lutado por ele até ao limite, mas também por ter significado uma derrota do antijogo e das provocações gratuitas. Um dos destaques da noite pela negativa foi a atuação de Vasco Matos, treinador-adjunto do Casa Pia que na primeira volta festejou o empate como se tivesse ganho algo de muito importante e que ontem passou todo o encontro a desafiar o banco do FC Porto", denunciaram os dragões.

"No FC Porto luta-se até fim por tudo aquilo a que se pode aspirar, seja nos treinos, nos jogos ou nas competições, e ontem isso voltou a ficar provado. Depois de o Casa Pia ter ido para o intervalo a vencer, o Dragão teve de esperar pelo minuto 93 para celebrar o golo da reviravolta, marcado por Namaso. Antes, Taremi tinha assinado o empate. Os campeões nacionais repuseram a diferença de quatro pontos para o primeiro lugar e de cinco sobre o terceiro", acrescentam os azuis e brancos na referida newsletter, antes de rematarem: " A luta continua no sábado, em Famalicão".

Recorde-se que o FC Porto chegou a estar a perder com os gansos - resultado que deixava desde já o Benfica como virtual campeão. Os dragões viraram o marcador no segundo tempo, com o golo da vitória a surgir já no período de descontos do segundo tempo e a dar origem a um gesto polémico de Sérgio Conceição e a alguma confusão no relvado após o apito final.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.