O treinador do Sporting de Braga recusou hoje a ideia de fazer poupanças no jogo com o Rio Ave, sábado, na nona jornada da Liga de futebol, a pensar na partida de quarta feira da Liga dos Campeões.

“Não vou fazer isso, porque o grande objectivo é ganhar este jogo, sem a preocupação de gestão ou proteger alguns jogadores, de maneira nenhuma. Este e os próximos jogos podem mudar muita coisa no campeonato e a abordagem é de grande importância”, frisou Domingos Paciência.

O técnico bracarense, que falava na conferência de imprensa de antevisão do jogo com o Rio Ave, frisou a vontade de vencer em Vila do Conde, mas avisou para as dificuldades de defrontar uma equipa que é última classificada, a única sem vitórias, com apenas três pontos, três golos marcados (pior ataque a par do Marítimo) e 10 sofridos.

“O Rio Ave está numa posição delicada e tem nesta altura alguns problemas, mas vai querer fazer um jogo de grande intensidade e vamos ter, de certeza, uma equipa muito agressiva pela frente. Vai ser difícil, mas quero ganhar este jogo e os jogadores também”, garantiu.

Sobre o carregado calendário que se avizinha (sete jogos em quatro semanas), Domingos disse que “é um sinal de motivação e não uma dor de cabeça”, pois “significa que o Braga está nessas competições”, sendo que “o plantel foi formado a pensar nisso”.

Quanto à muito falada saída do guarda-redes brasileiro Felipe já em dezembro, disse não estar “minimamente preocupado” e considerou ser “ainda muito cedo para falar numa situação dessas”.

Na cabeça do treinador está antes chegar a essa fase com a equipa a lutar pelos seus objectivos, porque “se as coisas continuarem a correr bem, de certeza absoluta que os jogadores não vão querer sair”.

Instado a comentar a possível greve dos árbitros na 10.ª jornada (5 a 8 de Novembro), elogiou a “solidariedade” da classe, mas disse esperar que a ameaça não se concretize.

“O campeonato pode entrar numa fase de grande decisão e era importante haver estabilidade. De certeza que os árbitros vão estar estáveis e procurar resolver essa situação”, finalizou.

Concluída a oitava jornada, o Sporting de Braga seguia no quarto lugar, com 14 pontos, contra 22 do líder FC Porto.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.