O FC Porto venceu o Vitória de Setúbal na 14ª jornada da Primeira Liga por 5-0 e igualou o Sporting na liderança do campeonato. Os 'dragões' resolveram a partida logo nos primeiros 45 minutos da partida com três golos de autoria de Aboubakar (dois) e um de Marega. No segundo tempo, em modo de gestão, a equipa de Sérgio Conceição aumentou a vantagem com Aboubakar a chegar ao  'hat-trick' e o bis de Marega. José Couceiro foi expulso por protestos ainda na primeira parte numa noite muito ventosa em Setúbal.

Na visita ao Bonfim, Sérgio Conceição fez duas mudanças no setor defensivo. Maxi Pereira e Diego Reyes entraram em campo enquanto ‘sentava’ Felipe no banco de suplentes.  Do outro lado, José Couceiro não podia contar com Gonçalo Paciência (emprestado pelo FC Porto) bem como com Djaló, Patrick, Semedo, Adebanjo e Vasco Costa que estão lesionados.

O primeiro lance perigoso esteve nos pés de Edinho que, a abrir a partida, obrigou José Sá a uma boa defesa. Os ‘sadinos’ aproveitaram um arranque mais lento dos ‘dragões’ para tentar surpreender, mas o guarda-redes respondeu da melhor forma.

Após um primeiro ‘susto’ por parte do Vitória, o FC Porto assumiu o comando do encontro perante os homens orientados por José Couceiro que tentavam explorar o contra-ataque.

Aos 22 minutos, Brahimi esteve perto de fazer o golo inaugural depois de um grande passe de Aboubakar. O camaronês encontrou o espaço entre a defesa após um erro de Podstawski. Valeu a grande defesa de Cristiano que fez a ‘mancha’.

Se os 'dragões' não marcaram à primeira, marcaram à segunda. Após um canto batido por Alex Telles aos 30 minutos, Aboubakar foi o primeiro a chegar à bola e desviou para dentro da baliza. A defesa do Vitória não evitou a antecipação do camaronês que voltou a marcar depois do bis ao Mónaco para a Liga dos Campeões.  O lance valeu a expulsão do treinador do Vitória de Setúbal que protestou muito a decisão de validar o lance que dava vantagem aos 'azuis e brancos'.

Antes do intervalo houve tempo para mais dois golos da equipa de Sérgio Conceição. Aos 44 minutos, após uma jogada conjunta, Marega dilatou a vantagem dos 'dragões'. Era extremamente complicado o maliano falhar este golo onde a bola fez 'ricochete' na sua perna antes de entrar. Na mesma jogada,  Brahimi e Aboubakar já tinham estado perto de fazer o golo segundo antes.

Em cima do apito do descanso, Tiago Martins assinalou grande penalidade a favor do FC Porto por derrube de Vasco Fernandes sobre Aboubakar dentro da área. Após um compasso de espera onde o árbitro do encontro confirmou o lance no videoárbitro, o camaronês foi chamado a marcar e não vacilou para fazer o seu segundo golo no jogo e o terceiro na noite para os 'dragões'.

Na segunda parte, Sérgio Conceição tirou Brahimi para lançar Corona. Depois de uma primeira parte bem conseguida, o argelino descansou nos segundos 45 minutos. No relvado, a equipa de José Couceiro entrou com esperanças de tentar marcar um golo e possivelmente relançar a partida, mas os 'azuis e brancos' foram gerindo as lides da partida

A gestão do FC Porto numa noite muito ventosa em Setúbal resultou em mais um golo para Aboubakar que chegou ao 'hat-trick' na partida. Após uma jogada individual de Marega após um lançamento lateral, o camaronês respondeu da melhor forma ao cruzamento rasteiro para fazer o 4-0.

O Vitória de Setúbal esteve perto de reduzir a diferença no marcador através de um canto direto cobrado por Pedro Pinto. O jogador sadino rematou a bola em arco que ia entrando dentro da baliza do FC Porto, mas José Sá estava atento e desviou para fora.

Até ao final o FC Porto chegou ao 5-0 com mais um tento de Mousa Marega. O maliano aproveitou o erro incrível da defesa sadina após um passe em profundidade e, com muita classe, bateu Cristiano com um chapéu tirado na perfeição.

Com este triunfo, os ‘dragões’ sobem ao primeiro lugar da Primeira Liga em igualdade com o Sporting. As duas equipas somam 36 pontos no campeonato. Em sentido inverso, o Vitória de Setúbal é 16º com 10 pontos.

Confira o resumo do encontro

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.