A formação pacense foi melhor ao longo do jogo e ficou a dever a si própria outro resultado, perante um Vitória de Guimarães que raramente conseguiu chegar com perigo à baliza contrária.

Com este empate, o sexto em dez confrontos, os pacenses, que ainda não perderam na Liga, passam a somar três pontos, mais um do que o Vitória de Guimarães.

Ozeia e Carlitos foram as novidades no "onze" do Paços de Ferreira, enquanto que no Vitória de Guimarães Custódio e Rui Miguel foram titulares na ausência de Flávio Meireles e Nuno Assis, expulsos no jogo com o Benfica.

A primeira parte teve pouca qualidade e os raros lances de perigo pertenceram à formação pacense, a que mais mostrou vontade de vencer o jogo, perante um Vitória mais encolhido e na expectativa.

O futebol aos repelões e directo foi contrariado quase sempre que a bola chegava aos pés de Cristiano, um dos jogadores mais criativos e esclarecidos em campo, que beneficiou ainda do jogo menos conseguido do antigo companheiro Rui Miguel (jogou no lugar de Nuno Assis), "perdido" no sistema de marcação à zona dos pacenses.

O extremo brasileiro esteve nos melhores lances do primeiro tempo, mas as finalização de William, aos 15 e por duas vezes aos 33 minutos, estão ainda longe de corresponder à fama de goleador, especialmente quando se deixou antecipar na área, após erro defensivo de Sereno.

Os vimaranenses raramente se acercaram da baliza de Cássio e o melhor que conseguiram no primeiro tempo foi um centro de Douglas, na área, a passe de Andrezinho, aos 44 minutos, mas facilmente anulado pela defensiva pacense.

A matriz do jogo não se alterou na etapa complementar, acentuando-se até a pressão dos locais, mas as tentativas de José "Coelho", que entrou bem no encontro, Romeu Torres, Ricardo e Cristiano, aos 76, 82, 86 e 87 minutos, não levaram a melhor direcção.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.