Um golo no final da primeira parte colocou o FC Porto a vencer, Luisão empatou aos 56 minutos e logo a seguir Farias voltaria a fazer mexer o marcador. Bellushi matou o jogo, a poucos minutos do final.

Depois do golo dos encarnados, Fucile viu o segundo amarelo e Jesualdo Ferreira, por protestos, foi expulso após o segundo tento da sua equipa.O encontro foi marcado por uma chuva de amarelos para ambas as equipas. Fábio Coentrão, Dí Maria e Javi Garcia viram o quinto e estão fora das contas para o último jogo.

O Benfica sofreu a segunda derrota no campeonato e a mais pesada. A vitória do Sporting de Braga não estraga só a festa encarnada, como deixa o FC Porto arredado da conquista do segundo lugar e de um lugar na Liga dos Campeões.

O jogo foi escaldante, como se previa, e apesar de alguma supremacia do Benfica na primeira parte, foi o FC Porto quem se adiantou no marcador, aos 42 minutos, num cabeceamento de Bruno Alves.

O Benfica dispôs de duas boas oportunidades, a primeira logo aos quatro minutos, com Dí Maria a fazer estremecer a trave da baliza de Beto e os milhares de corações dos benfiquistas, quer hoje pretendiam festejar já o título e aos 20’, Javi Garcia atirou por cima.

A dez minutos do final do encontro, Weldon falhou o empate, com Beto só pela frente, ao tentar colocar a bola.

Como quem não marca sofre, foi Bellushi a fazer o terceiro e a levar ao delírio os cerca de 42 mil portistas que se deslocaram ao estádio do Dragão.

Com a vitória do Sporting de Braga sobre o Paços de Ferreira (1-0), a decisão quanto ao campeão nacional fica mesmo para a 30ª e última jornada, com o Benfica a receber o Rio Ave e o Braga a jogar na Madeira, frente ao Nacional.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.