O FC Porto venceu, esta sexta-feira, em Famalicão por 4-1 em jogo da 13.ª jornada do campeonato português do campeonato português. Com este triunfo, os campeões nacionais asseguram a segunda posição na tabela classificava. O Benfica, com quem partilha o segundo lugar, é o próximo adversário dos dragões.

Mehdi Taremi (13 e 58 minutos), Sérgio Oliveira (32), de grande penalidade, e João Mário (89) marcaram os golos dos 'dragões', que somaram o sétimo triunfo consecutivo na prova, com Jhonata Robert (20), também de penálti, a fazer o golo dos famalicenses.

Otávio regressou após cumprir dois jogos de castigo. O médio brasileiro tem sido um dos jogadores mais influentes da equipa portista.

Os campeões nacionais vinham de oito triunfos consecutivos, em diferentes provas, mas regressaram a um terreno onde perderam nas últimas duas deslocações.

O FC Porto foi a primeira equipa a marcar, aos 13 minutos, por intermédio de Mehdi Taremi. Após um cruzamento atrasado de Corona, Marega não chegou mas o avançado iraniano conseguiu finalizar com sucesso.

Pouco depois, Anderson tentou armar o remate, mas Diogo Leite cortou. O árbitro entendeu que houve falta e assinalou o castigo máximo, confirmado pelo VAR. Através da marcação de uma grande penalidade, Jhonata Robert rematou forte e colocado. Marchesín caiu para o lado contrário e empatou a partida.

Por volta da meia hora de jogo, Mehdi caiu na grande área perante Vaná. Rui Costa ouviu o VAR e depois foi ele mesmo visionar as imagens. O juiz exibiu o cartão amarelo ao guardião famalicense e apontou para a marca da grande penalidade.

Na conversão, o remate de Sérgio Oliveira foi ao ângulo superior direito, com muita força, colocando o FC Porto novamente na frente.

No segundo tempo, Mehdi Taremi voltou a colocar a bola no fundo das redes. Depois de um pontapé de canto de Sérgio Oliveira, Vaná afastou a soco, a bola sobrou para a insistência de Otávio e o avançado iraniano cabeceou para dentro da baliza. O guarda-redes famalicense escorregou e não conseguiu evitar o 3-1.

Já na reta final da partida, João Mário - que tinha entrado aos 85' para o lugar de Sérgio Oliveira - ainda conseguiu fazer o quarto golo do FC Porto. Numa jogada de contra-ataque, Luis Díaz abriu na direita para o jovem jogador, que rematou forte de pé direito ao ângulo da baliza de Vaná. A bola ainda bateu no poste antes de entrar.

O FC Porto segue na segunda posição, com 31 pontos, a quatro do Sporting, e em igualdade com o Benfica, que recebe na próxima ronda, enquanto o Famalicão, que não vence há seis partidas na I Liga, é 16.º, com 11.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.