A FC Porto SAD aumentou para 70 milhões de euros o montante do empréstimo obrigacionista em curso, anunciado em 04 de maio, dobrando o valor inicial de 35 milhões de euros, revelou hoje a entidade.

A decisão de subir o valor envolvido na operação lançada pela SAD ‘azul e branca', que decorre até ao dia 21 de maio, foi hoje tomada pelo conselho de administração, segundo a informação enviada à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

A SAD portista adiantou ainda que, até ao final do dia de hoje, "foram recolhidas intenções de subscrição consubstanciadas em 2.362 ordens, que correspondem a um montante total de 48.282.070 euros (69% do valor total da oferta, considerando o aumento para até 14.000.000 (catorze milhões) do número de obrigações a emitir e do respetivo valor nominal global da oferta para até 70.000.000 euros (setenta milhões de euros)".

E especificou que as ordens de subscrição de obrigações FC Porto SAD 2021-2023 recolhidas no dia de hoje correspondem a 10% do total de ordens recolhidas até ao momento, e de 7% do montante total desta emissão, que oferece uma taxa de juro fixa bruta anual de 4,75%.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.