O Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol anulou duas multas, no valor de 12 mil euros, que tinha aplicado ao Benfica, no rescaldo do jogo dos 'encarnados' com o Gil Vicente na Luz.

O órgão disciplinar da Federação Portuguesa de Futebol acabou por voltar atrás na sua decisão, após recurso do Benfica que contestava a aplicação das multas.

"Decide-se acordar conceder provimento ao presente recurso e, consequentemente, são revogadas as decisões disciplinares condenatórias recorridas", pode ler-se no comunicado divulgado esta terça-feira.

Benfica 2-0 Gil Vicente: Da magia de Taarabt à redenção de Pizzi
Benfica 2-0 Gil Vicente: Da magia de Taarabt à redenção de Pizzi
Ver artigo

Na receção aos gilistas, o CD da FPF tinha aplicado quatro multas ao Benfica: uma, de 10.200 euros, por os terem sido arremessados "seis tochas incandescentes" por "um grupo de adeptos afetos à equipa visitada" numa das bancadas da Luz.

A outra, de 1913 euros por um enfrentamento com a polícia após o jogo com os gilistas. Diz o relatório da Polícia que, após identificação de um elemento pertencente a um grupo organizado de adeptos, os "adeptos deste e adeptos croatas que se encontravam junto a estes insurgiram-se verbalmente contra os elementos policiais e adotando uma postura hostil".

Na receção ao Gil Vicente, o Benfica foi ainda multado em 3.188 e 1.530 euros, por "agressões graves a espectadores e outros intervenientes" e arremessos de objetos sem reflexo no jogo. Também foi instaurado um processo disciplinar ao Benfica, que ainda está em curso.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.