“Tem sido muito bom trabalhar com André Villas-Boas. Estou a gostar dos métodos de trabalho dele, muito dinâmico, espero que continue assim para depois conquistar o nosso objectivo maior que é ser campeão”, reconheceu Fernando, esta quarta-feira, em superflash realizada no Centro de Treinos e Formação Desportiva PortoGaia, no Olival.

Habituado a actuar como pivô defensivo, Fernando reconheceu não ter problemas em avançar no terreno para se tornar mais ofensivo.

“Houve uma mudança de treinador e cada um tem o seu método de trabalho. Eu irei fazer aquilo que o meu treinador pedir, se ele me quiser mais defensivo farei, se quiser mais ofensivo farei na mesma”, disparou.

Fernando falou ainda sobre os seus colegas de equipa, quanto à possível saída de Raul Meireles e entrada de João Moutinho.

“O Raul é um grande companheiro. Se ele continuar será bom para a equipa, caso saia também será positivo para o FC Porto porque encaixará um bom dinheiro. O João é outro grande atleta, um grande profissional, já o admirava quando estava no Sporting”, explicou.

O FC Porto joga este domingo, no encontro que servirá de apresentação oficial do plantel 2010/2011, com os italianos do Sampdória, e Fernando disse que as sessões de treino têm sido “de bom proveito” e espera que o ritmo se mantenha “para poder fazer um bom jogo”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.