“Repensar o plano do Vitória é urgente. O estádio é a única coisa que nos resta e assim não nos vale de muito. Queremos negociar com os detentores dos terrenos do Bonfim o seu regresso ao clube, para que possamos avançar com um projecto que possa garantir a nossa sustentabilidade”, afirmou.

No dia em que o clube comemorou o seu centenário, Fernando Oliveira falou para um pavilhão lotado, com mais de 1300 pessoas, apelando à autarquia para que ajude ao clube.

“Os sócios não querem sair do Bonfim”, afirmou, perante muitos aplausos.

Fernando Oliveira defendeu que o clube “não está a passar pelo seu pior momento”, apesar de referir que surgem todos os dias “novos problemas para resolver” e que alguns deles são mesmo “insólitos”.

“Não tem acontecido aquilo que aconteceu há mais de um ano, com as desgraças do clube nos jornais e televisões. Tentámos defender a imagem do Vitória e não existem notícias de que o Vitória não paga”, afirmou.

O presidente do clube, que anunciou ainda a renegociação de um contrato com um patrocinador com um aumento de 50% do valor anterior, confessou que esperava mais da equipa de futebol.

“Fizemos um esforço gigantesco para ter uma boa equipa e sinto alguma desilusão pois esperava mais e vocês mereciam mais. Gostava de estar três ou quatro lugares acima da tabela, mas a bola ou bateu na barra ou o árbitro é bandido e não marca os penalties. O futebol é assim”, disse.

O líder do clube vitoriano lembrou também José Mourinho, que considerou o melhor treinador do Mundo. “É um cidadão de Setúbal e é o melhor treinador do Mundo. É um setubalense de gema e um grande vitoriano”, concluiu.

A presidente da Câmara de Setúbal, Maria das Dores Meira, referiu que o clube se confunde com a cidade e garantiu que a autarquia será sempre “uma aliada” do Vitória de Setúbal. “Nunca regatearemos esforços para que o maior clube de Setúbal mantenha a sua vitalidade. Vamos continuar a procurar soluções para os problemas do Vitória”, afirmou.

A autarca anunciou ainda que a prenda da autarquia para assinalar os 100 anos do clube foi a oferta de novos relvados para os campos da Varzinha e para o campo de treino do Bonfim, num valor de cerca 181 mil euros.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.