Fucile espera ansiosamente pelo início da época para voltar a ser opção no FC Porto.

Em declarações à RTP, o lateral uruguaio apontou o dedo a Vítor Pereira pelo "ostracismo" a que foi votado na última época. «Fiquei de fora por questões pessoais e não pela minha condição [física]. Não fui opção por problemas pessoais do treinador comigo. Imagino que tenha sido mais um problema dele do que meu. Eu não tive qualquer problema. Acho que ele tinha problemas comigo e decidiu afastar-me da equipa», afirmou.

Sobre a chegada de Paulo Fonseca ao comando técnico dos dragões, o jogador só tem elogios ao novo treinador azul e branco: «Sei que ajudou a equipa onde esteve a alcançar a sua melhor classificação de sempre. Deixou o Paços de Ferreira na Liga dos Campeões e isso mostra o potencial do treinador».

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.