"Era injusto não ganharmos este jogo", começou por dizer Jorge Jesus, lembrando que o Benfica criou "imensas oportunidades durante todo o encontro".

"Havia uma equipa a querer ganhar e outra a querer não perder, e penso que essa postura (da Naval) não chegou. É uma forma de respeitar o Benfica".

Jesus salientou ainda a grande exibição do guarda-redes Naval, Peiser.

"Hoje os adversários que vêm a luz sabem que não podem dividir o jogo, antigamente podiam, mas agora não. Mas em resumo, esta foi a vitória de uma equipa que sempre quis ganhar durante os noventa minutos."

O técnico do Benfica desvalorizou as derrotas de adversários como o Braga ou o FC Porto, afirmando que não utiliza esses argumentos para motivar os seus jogadores:

"Temos de ganhar os nossos jogos independentemente dos resultados dos adversários. Sabemos o que queremos e qual é o nosso objectivo e temos é de olhar para a nossa equipa. Agora é só continuar a jogar com respeito e humildade".

Questionado sobre o próximo jogo que o Benfica tem neste campeonato, Jorge Jesus preferiu centrar atenções no jogo contra o Guimarães, para a Taça de Portugal.

"O jogo contra o Sporting é só daqui a algumas semanas e primeiro temos um embate muito difícil com o Guimarães, que nos pode colocar o mesmo tipo de dificuldades que hoje a Naval nos criou", terminou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.