O angolano Gelson Dala foi a arma secreta do técnico Carlos Carvalhal até à interrupção da Primeira Liga Portuguesa de Futebol, tendo sido decisivo nos últimos seis jogos do Rio Ave.

Com dificuldades em impôr-se no onze inicial, o extremo saiu do banco nos seis desafios em que participou e foi decisivo frente ao Famalicão (marcou o primeiro golo do 2-2) e Tondela (bis para o 2-1).

É o segundo suplente mais concretizador da prova, atrás de Anderson, do Famalicão, e em igualdade com Douglas Tanque, do Paços de Ferreira, segundo a edição desta quarta-feira do jornal 'A Bola'.

Gelson Dala, formado na escola do 1º de Agosto, só precisa de 48 minutos para faturar, a melhor média entre os goleadores, superando Víctor Carvalho do Gil Vicente (60’) e até Carlos Vinícius do Benfica (87’).

O melhor marcador do Campeonato Nacional da primeira divisão “Girabola2017, com 23 golos (pelo 1º de Agosto), foi contratado no mesmo ano pelo Sporting, emprestado depois para o Rio Ave e em seguida para o Antalyaspor da Turquia.

Regressou ao Rio Ave na presente época, mas já se cogita o seu ingresso no Sporting de Braga, numa altura em que o campeonato luso está parado, devido à propagação mundial do novo Coronavírus.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.