O Olhanense esteve melhor no primeiro tempo, quando conseguiu chegar à vantagem, aos 18 minutos, e conseguiu segurar o triunfo no segundo tempo, apesar do maior ascendente da União de Leiria nesse período.

Com este sucesso, os algarvios subiram provisoriamente ao sexto lugar da tabela, com cinco pontos, enquanto os leirienses ocupam o 13º lugar.

As duas equipas partiam para esta jornada em igualdade na tabela, com dois pontos, mas foi o Olhanense a entrar a todo o “gás”.

Logo aos 4 minutos, na primeira ocasião de golo da partida, Yontcha recebeu na área, ultrapassou um adversário mas rematou ao lado.

O Olhanense conseguiu expressar o seu domínio à passagem do minuto 18, quando Paulo Sérgio centrou largo da esquerda e, ao segundo poste, Nuno Piloto surgiu sem marcação, encostando para golo.

Em vantagem, a equipa da casa “descansou” um pouco até ao intervalo perante uma União de Leiria bastante passiva, que só num cruzamento/remate de Pateiro (15) criou perigo a Moretto.

Na reacção à má primeira parte da sua equipa, o técnico leiriense Pedro Caixinha mexeu ao intervalo, colocando Silas em campo, numa tentativa de dar mais criatividade ao “onze”.

Os forasteiros pareceram entrar melhor, no reatamento, mas seria o Olhanense a estar perto de aumentar a vantagem, aos 53 minutos, com o guardião Gottardi a opor-se ao remate do isolado Yontcha.

Os leirienses assumiram um claro ascendente nos minutos seguintes, em busca do empate, e estiveram perto do golo em várias ocasiões.

N’Gal não aproveitou um desentendimento defensivo na área dos algarvios e cabeceou ao lado, aos 64 minutos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.