O FC Porto goleou hoje em casa o Estoril-Praia, por 4-0, em jogo da primeira jornada da I Liga portuguesa de futebol, com dois golos do suplente Moussa Marega.

O avançado maliano, que entrou para o lugar do lesionado Soares, marcou aos 35 e 62 minutos, com os outros golos a serem apontados pelo argelino Yacine Brahimi (54) e pelo espanhol Iván Marcano (70), este num lance validado pelo vídeo-árbitro.

No final do jogo, Gonçalo Brandão desvalorizou o erro de Mano e Moreira que deu origem ao primeiro golo do FC Porto.

"São coisas que acontecem, não foi por um erro que perdemos o jogo, estavamos à espera de um FC Porto muito forte, eles tiveram várias oportunidades e fizeram golos, resta-nos analisar os nossos erros para não voltarmos a repetir nos próximos jogos", começou por dizer Gonçalo Brandão.

"Tentámos aguentar o máximo possível o 1-0 para surpreendê-los no contra-ataque, mas aquele segundo golo acabou por tornar as coisas mais difíceis para nós. Agora temos de trabalhar para melhora. Estamos no início, foram três pontos, é óbvio que não era o resultado que pretendíamos e vamos ter de trabalhar sobre eles para não voltarmos a repeti-los, e já na próxima jornada vamos dar tudo para garantir os três pontos", sentenciou o defesa português.

Os ‘dragões’ juntaram-se a outras quatro equipas que venceram na primeira jornada, mas lidera provisoriamente por ter melhor diferença de golos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.