O FC Porto venceu, esta terça-feira, o Vitória de Guimarães por 3-2 em jogo de encerramento da 11.ª jornada do campeonato português, disputado no Estádio D. Afonso Henriques. Os campeões nacionais estiveram por duas vezes em desvantagem, tendo conseguido a reviravolta nos últimos dez minutos da partida.

Face ao triunfo sobre o Benfica na Supertaça, Sérgio Conceição fez duas alterações no onze do FC Porto: Diogo Leite e Romário Baró entraram para os lugares de Mbemba e Otávio. O defesa congolês não jogou por lesão, enquanto o médio brasileiro continua a cumprir castigo. Já João Henriques não mexeu na equipa que goleou nos Açores, apresentando o mesmo onze.

O primeiro golo da partida surgiu bem cedo, logos aos sete minutos, com um remate de Rochinha do meio da rua. A bola ainda desviou em Diogo Leite, enganando Marchesín e só parou quando entrou em contato com as redes.

Só perto do intervalo é que o FC Porto conseguiu marcar pela primeira vez na cidade-berço. Sérgio Oliveira levantou para a área, Marega amorteceu para Mehdi, que desviou à vontade para o fundo das redes. O lance foi alvo de VAR que validou a posição legal do maliano.

Uma primeira parte bem disputada, com um bom futebol por parte das duas equipas. Uma toada que prevaleceu na etapa complementar.

Aos 63 minutos, após um belo cruzamento milimétrico de Quaresma, Estupiñán apareceu entre Sarr e Matheus Uribe e fez de cabeça o 2-1. A bola ainda foi desviada na defesa azul e branca, que baralhou o guarda-redes Marchesín.

Os vimaranenses ainda estavam a festejar quando o FC Porto fez novamente a igualdade. Três minutos depois do golo de Estupiñán, após subida rápida da equipa portista, Luis Díaz cruoua para a área onde Taremi atirou rasteiro e repõs a igualdade.

À entrada para o minuto 80, o FC Porto chegou ao golo do triunfo. Num corte incompleto na área, a bola sobrou para Díaz, que dominou a bola e rematou sem hipóteses para Bruno Varela.

Com esta vitória, o FC Porto fecha a ronda no terceiro lugar, com 25 pontos, menos dois do que o Benfica, segundo, e quatro do que o comandante Sporting, enquanto o Vitória é quinto com 19.

Veja o resumo do jogo.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.