O antigo vice-presidente do FC Porto acredita que os verdadeiros candidatos a sucessor de Julen Lopetegui não estão disponíveis de momento.

“Presumo que não será fácil a Marco Silva deixar o Olympiakos na situação em que está. Haveria vários obstáculos a ultrapassar, mas trata-se de uma alternativa que me é simpática e de que gosto”, começou por afirmar José Guilherme Aguiar, em declarações à TSF.

O comentador adepto do FC Porto disse ainda que sente uma simpatia por Jesualdo Ferreira.

“Gosto particularmente dele. Para além de ser um conhecedor do futebol – poucos haverá a nível mundial que tenham tão bom conhecimento teórico dos esquemas táticos como ele –, tem muitos anos de trabalho de campo e é o único treinador na história do FC Porto que foi tricampeão. Não é um treinador que conseguia empolgar a equipa mas, por outro, lado estabiliza-a”, referiu.

“Não tenho dúvidas de que Jorge Nuno Pinto da Costa, a quem pertence a última palavra, tem favoritos e consigo identificar alguns deles, mas a meio da época não estarão disponíveis, como André Villas Boas, que também seria uma boa escolha”, explicou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.