O futebolista internacional argelino Yanis Hamache falhou hoje o treino do Boavista, bem como Ricardo Mangas, Miguel Reisinho, Luís Santos e o gambiano Yusupha, todos lesionados, em pleno relvado do Estádio do Bessa, no Porto.

Numa semana em que tem sido veiculada a sua saída para os ucranianos do Dnipro, o defesa esquerdo foi autorizado pelo clube da I Liga a ausentar-se dos trabalhos sob alçada de Petit, que abriu o apronto desta manhã à comunicação social por 15 minutos.

Yanis Hamache, de 23 anos, foi titular no triunfo caseiro frente ao Santa Clara (2-1), no domingo, da segunda jornada do campeonato, e deslocou-se em jeito de despedida para junto dos adeptos do Boavista no final da partida, tendo deixado o relvado em lágrimas.

Nesse jogo sobressaiu a tempo inteiro Yusupha, cuja intervenção cirúrgica à fratura do malar esquerdo foi realizada com sucesso na quarta-feira, acompanhando no boletim clínico o defesa Ricardo Mangas, o médio Miguel Reisinho e o avançado Luís Santos.

O autor de dois golos em outros tantos desafios oficiais do Boavista em 2022/23 deverá desfalcar por quatro semanas as opções de Petit, que contou pelo segundo dia seguido com o defesa nigeriano Bruno Onyemaechi, revelado na véspera como o oitavo reforço.

Os ‘axadrezados’, um dos líderes do campeonato, com os mesmos seis pontos de FC Porto, Benfica e Vitória de Guimarães, preparam a visita ao recém-promovido Casa Pia, no domingo, às 15:30, no Estádio Nacional, em Oeiras, em partida da terceira jornada.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.