Declarações de Henrique, jogador do Gil Vicente, à Sport TV, após a derrota com o Sporting.

Derrota nos descontos: "Quero ressalvar o grande esforço da equipa, o que se passou nos minutos finais foi inglório por tudo o que fizemos. Agora, vamos levantar a cabeça, lutar, porque mostrámos que o Gil Vicente está vivo, estamos aqui para lutar pela permanência e assegurá-la o mais rápido possível."

Dificuldades para segurar a vitória: "É normal que um grande como o Sporting, que está em primeiro, que crescesse na partida e nós fôssemos recuando um bocadinho. A sorte do jogo calhou para o Sporting, é o que eu posso dizer."

Coisas positivas do jogo: "É sempre possível levar coisas positivas, o comportamento da equipa foi positivo, estivemos muito tempo bem defensivamente, quase irrepreensíveis. Tivemos dois momentos de infelicidade que ditaram os golos do Sporting."

Dois golos de Sebastián Coates nos últimos 10 minutos permitiram ao Sporting vencer fora o Gil Vicente por 2-1 e colocar-se com mais oito pontos do que o FC Porto na liderança da I Liga portuguesa de futebol. O central uruguaio marcou aos 83 minutos e já nos descontos, aos 90+1, depois do japonês Kanya Fujimoto adiantar o conjunto de Barcelos, aos 37, numa reedição do jogo da primeira volta, em que o Sporting também chegou aos 80 a perder, para vencer por 3-1.

Na classificação, o Sporting, que continua invicto e só com três empates cedidos, passou a somar 48 pontos, contra 40 do campeão FC Porto, que empatou 2-2 no reduto do Sporting de Braga, terceiro, com 37, enquanto o Gil Vicente é 14.º, com 16.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.