O FC Porto, que parte para a segunda volta do campeonato na liderança, com cinco pontos de vantagem para o Benfica, visita esta sexta-feira, a partir das 19h00 o Desportivo de Chaves (17.º). A equipa de Sérgio Conceição chega a Trás-os-Montes com a história a seu favor: em 36 jogos para todas as competições, os 'azuis e brancos' venceram 32 e empataram três.

A única vitória dos flavienses sobre o FC Porto aconteceu há pouco mais de 30 anos (1 de dezembro de 1988), em casa, na 15.ª jornada do campeonato. A formação transmontana bateu os portistas por 2-0 com golos de Zdravkov e Gilberto. Do lado dos 'dragões' estavam jogadores como João Pinto, Jaime Pacheco, Fernando Gomes, Rui Águas ou Rabah Madjer e o treinador era Artur Jorge.

Mais recentemente, em novembro de 2016, o Chaves teve oportunidade de festejar no seu terreno o apuramento para os oitavos de final da Taça de Portugal, ao vencer o FC Porto por 3-2, no desempate por grandes penalidades, após um nulo no final de 120 minutos. Miguel Layun, Laurent Depoitre e André Silva viram o guarda-redes António Filipe parar os seus remates, enquanto apenas Braga e Felipe Lopes desperdiçaram para os transmontanos.

O último jogo entre FC Porto e Chaves, em setembro de 2018, também terminou com um empate a uma bola, no Estádio do Dragão, para a fase de grupos da Taça da Liga. Hernâni abriu o marcador para os 'dragões' aos 74 minutos e Stephen Eustáquio, oficializado esta semana como reforço do Cruz Azul, restabeleceu a igualdade aos 83'. Na primeira volta do campeonato, os 'dragões' golearam os transmontanos por 5-0 - marcaram Aboubakar (2), Brahimi, Corona e Marius. Em ambos os jogos foi Daniel Ramos a orientar os flavienses, tendo sido substituído em dezembro último por Tiago Fernandes.

É de realçar, ainda, o facto de o Chaves não marcar ao FC Porto no seu terreno desde 5 de dezembro de 1997, altura em que empatou 2-2 com a equipa então orientada por António Oliveira, para a 12.ª jornada do campeonato. Os flavienses chegaram a estar em vantagem com dois golos de Ovidiu Cuc e Vieira, mas Mário Jardel e Capucho acabariam por fazer o empate.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.