Os incêndios que assolaram o centro e norte de Portugal fizeram estragos no Clube Desportivo de Tondela. As imediações do complexo desportivo do Tondela foram consumidas pelas chamas durante a madrugada de domingo, tendo escapado ilesos os relvados e as instalações o que levou Pepa, treinador da equipa, a improvisar na hora de treinar.

Apesar do estádio ter ficado cercado pelas chamas, o relvado e as instalações não sofreram danos. Mesmo assim, a equipa não pode treinar no relvado do estádio João Cardoso porque é quase impossível: o fumo tornou o ar quase irrespirável, pelo que é desaconselhável treinar ar livre.

"Com o ar irrespirável e sem condições para treinar", pode ler-se numa publicação do clube nas redes sociais, num vídeo onde se vê os jogadores a exercitarem nos corredores do Estádio João Cardoso.

As centenas de incêndios que deflagraram no domingo, o pior dia de fogos do ano segundo as autoridades, provocaram pelo menos 37 mortos e 70 feridos, além de terem obrigado a evacuar localidades, a realojar as populações e a cortar o trânsito em dezenas de estradas.

Esta é a segunda situação mais grave de incêndios com mortos este ano, depois de Pedrógão Grande, na primavera, em que um fogo alastrou a outros municípios e provocou 64 vítimas mortais e mais de 200 feridos.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.