O treinador do FC Porto confidenciou esta quarta-feira que o russo Marat Izmaylov pediu para não ser chamado para o encontro com o Vitória de Guimarães.

«Fui criticado por não ter convocado Izmaylov, mas seria mal da minha parte não levar Izmaylov para a próximos convocatória depois do que fez em Viena. Acredito que pode ser muito útil e foi nesse jogo, mas no momento que antecede a convocatória, numa conversa que tive com o jogador, ele pediu para não ser convocado, porque tem um problema pessoal e familiar ao qual acedi. Nós demos alguns dias para ele resolver essa questão. Aliás, até pensei no Marat para jogar de início no jogo seguinte», explicou em conferência de imprensa esta quarta-feira.

O FC Porto abre a sexta jornada da I Liga esta sexta-feira frente ao Vitória de Guimarães.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.