Na conferência de imprensa de antevisão da partida frente ao Boavista, Jesus abordou as situações de Vlachodimos (perdeu a titularidade), de Pizzi (eventual saída no final da época) e o hipotético regresso de Matic.

Saída de Pizzi

"Abordamos essas notícias, que nos dão vontade de rir. Os jogadores tem trabalhado. O Pizzi só não jogou três ou quatro jogos por problemas de covid, é um dos que tem mais minutos", começou por dizer.

Vlachodimos perdeu titularidade

"O Oddy [Vlachodimos] tem jogado até há um tempo. Como é normal num treinador as mudanças que fazemos na baliza são mais sensíveis por ser só um jogador. Achei que era o momento de mudar e mudei. Tem continuado a trabalhar e bem. Se está feliz? Isso não existe, os jogadores são mais felizes quando jogam. Mas é assim numa equipa grande. Se tiveres esse problema não podes jogar numa equipa grande", referiu, atirando: "Se queres jogar todos os domingos tens de estar numa equipa do meio da tabela para baixo. Se tens nível alto e queres uma equipa com concorrência, é assim."

Regresso de Matic

"Matic fez excelentes épocas no Benfica e com perfil que há poucos. Com 1,90 metros e capacidade técnica fez aqui excelentes épocas e por isso o Chelsea o contratou. Hoje está no United e continua a jogar. Vi o último jogo dele, contra o Milan. Vi que ele ainda está em grandes condições físicas e atléticas e tem qualidade técnica. É muito difícil acontecer pois são contratos que em Portugal não têm possibilidades. Portugal não tem capacidade para contratar esses grandes jogadores", comentou.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.