Jorge Jesus fez, este sábado, a antevisão do jogo com o Marítimo, da 25.ª jornada da I Liga. O técnico abordou o momento da equipa no campeonato, elogiou o Marítimo e recusou-se a falar do mercado.

Benfica mais confiante: "Os resultados são provas disso, já explicámos porque havia uma equipa irregular e agora não. É uma equipa que tem vindo a ganhar, sem sofrer golos, a subir de forma, com os jogadores a melhorarem individualmente e com isso a equipa também melhora. O jogador sente isso, sabe perfeitamente quando está num patamar mais elevado das suas competências individuais. Com a equipa passa-se a mesma coisa. Neste momento é natural que a equipa esteja mais feliz, os resultados estão a justificar isso. Mas nada vai mudar o que é a nossa pontuação, estamos a recuperar mas ainda estamos muito longe do que queríamos. Todos sentimos, trabalhámos com mais intensidade, com mais tempo, e os processos do trabalho durante a semana são depois compensados nos resultados, nos jogos. O jogador sente isso perfeitamente, eles são os que mais sentem as suas dificuldades ou as suas qualidades durante os jogos e semanas de trabalho."

Jogo com Marítimo: "É um clube histórico do nosso campeonato, está neste momento numa classificação que não tem muito a ver com o valor da equipa. Tanto assim é que eliminou o Sporting da Taça de Portugal e ganhou no Dragão para o campeonato. Vamos de certeza encontrar um Marítimo diferente do último jogo. O treinador vai mudar o sistema tático. Preparámo-nos para isso. Tenho quase a certeza que vai jogar com um 5x4x1, com quase todos os homens atrás da linha da bola."

Tempo de paragem para jogos das seleções: "Tivemos duas semanas a trabalhar com mais intensidade, o que normalmente não fazíamos durante o campeonato. Melhorámos algumas ideias e penso que foi uma semana bem preenchida. Aproveitámos com qualidade o nosso treino diário. Agora vamos ver e sentir tudo aquilo que durante a semana tentámos passar para os jogadores".

Aposta nos jovens do Seixal: "Ao escolhermos cinco jogadores para trabalhar com a equipa principal, já os estamos a preparar. Há uns com mais possibilidades do que outros, mas durante uma época há vários momentos que não esperas e tens de lançar jogadores. Neste momento, o Benfica tem quatro centrais e dois internacionais, uma pela Bélgica e outro pela Argentina. Agora, há jogadores que estão sempre a aparecer. Todos terão a sua oportunidade. O saber esperar é fundamental, mas também sabemos que há muitos interesses diferenciados. Às vezes, os agentes começam a fazer a cabeça aos miúdos. Perdem carreiras e oportunidades se não souberem esperar o momento dele".

Preparar a próxima época: "Neste momento estou preocupado com a época atual, com os 10 jogos que faltam. Ainda há alguns objetivos a conquistar, estamos numa fase crucial do campeonato, o Benfica tem de ir à procura de resultados para poder recuperar os primeiros lugares".

O Benfica recebe no Estádio da Luz o ‘aflito’ Marítimo na segunda-feira à partir das 19h00, numa altura em que a equipa de Jorge Jesus parece ter estabilizado, com triunfos alcançados nos últimos quatro jogos do campeonato, incluindo um bastante motivador no campo do Sporting de Braga (2-0), e sem qualquer golo sofrido.

Por seu lado, o Marítimo, que partilha o último lugar da I Liga com Boavista e Nacional e que vem uma goleada caseira sofrida perante o Famalicão (4-0), não ‘rouba’ pontos ao Benfica na Luz desde 2009, quando empatou a uma bola.

Na primeira metade do campeonato, o Benfica venceu na Madeira, por 2-1.

Os ‘encarnados’ seguem em terceiro lugar no campeonato, a três pontos do FC Porto e a 13 do Sporting, que lidera a competição.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto