Depois de, no 'flash interview' ter sublinhado a competência e qualidade da sua equipa, o treinador do Santa Clara, José Henriques, surgiu na sala de imprensa do Estádio da Luz com uma mensagem clara: há mais no futebol em Portugal do que os três grandes.

"Muitas vezes falam do Benfica e esquecem-se de cá quem vem jogar. Foi o que aconteceu esta semana. Muitas equipas mais pequenas estão a conseguir tirar pontos aos grandes e está a descurar-se um pouco a qualidade das outras equipas que não os grandes. Os jogadores merecem ser valorizados. A qualidade apresentada pelos jogadores do Santa Clara neste jogo merece ser valorizada", começou por dizer.

"O que se falou antes foi que o Benfica, nos últimos dez jogos, só ganhou dois. Esqueceram-se de dizer que, nos últimos dez, o Santa Clara só perdeu dois. Estamos a fazer um trabalho extraordinário nesta segunda volta", frisou depois o técnico dos açorianos. "Felizmente, este mini-campeonato tem mostrado que há mais equipas para além dos três grandes", rematou.

João Henriques abordou depois o facto de a sua equipa se ter mudado 'de malas e bagagens' para o continente e dedicou o triunfo a todos os açorianos, mesmo aqueles que forem benfiquistas. "Tivemos a coragem de vir para o continente, quando devíamos estar nos Açores. Foi preciso coragem para vir para treinar para um local fantástico, mas obviamente não estamos junto dos nossos. Esta vitória é dedicada aos açorianos que esta tarde, mesmo os que forem benfiquistas, terão certamente ficado orgulhosos desta equipa", referiu.

Ausência de público ajudou

O técnico do Santa Clara reconheceu que o facto de o Benfica não contar com os seus adeptos na bancada contribuiu para o êxito da sua equipa. "A ausência do público não dá vantagem a quem tem as massas. Esta tarde, com 60 mil pessoas na bancada, o público teria empurrado o Benfica para a frente. Não estar público nas bancadas é uma desvantagem para o Benfica e uma vantagem para nós. Estamos mais soltos, com menos pressão, e isso ajudou-nos. Tivemos a estrelinha e soubemos aproveitar, mas foi inteiramente justo", frisou.

A terminar, João Henriques assinalou o crescimento do Santa Clara e vincou os objetivos ainda por cumprir esta temporada. "O Santa Clara está a crescer e, em breve, será ainda maior. Os 38 pontos dão-nos o conforto de estarmos, matematicamente, cada vez mais perto de garantir a manutenção e de alcançar os valores que nos propusemos a alcançar, que era superar o décimo lugar e os 42 pontos da época passada. Queremos estar na primeira metade da tabela e é para isso que vamos trabalhar", disse.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.