O jogador portista, de 23 anos, tem já alguma experiência na rotina de um estágio e, por isso mesmo, consegue eleger rapidamente os melhores momentos destes dias de trabalho intenso.

"O jogo é quase como um doce. É a melhor parte da semana", referiu hoje em declarações ao Porto Canal.

O médio já se apresentou a bom nível frente ao Osnabrück e terá agora três jogos para continuar a melhorar, frente aos holandeses do PSV Eindhoven (quinta-feira, 20:00) e do Vitesse (sábado, 14:30), para a FOX Sports Cup, e aos alemães do Bayer Leverkusen (dia 27, 17:00).

"São já equipas com nomes bastante fortes. São bons rebuçados, vai ser tipo 'Kinder Bueno'", brincou ainda.

João Teixeira abordou ainda a importância de um estágio para o espírito de grupo: "Obviamente, passamos mais tempo juntos aqui do que no Olival, onde treinamos e depois cada um segue a sua vida. Aqui passamos 24 horas juntos. Acaba o almoço e vamos beber um café à esplanada do hotel, estamos tranquilos e pomos a conversa em dia. Logo, isso aproxima-nos mais."

Apesar de ter passado quatro anos e meio em Inglaterra e de ter feito grande parte do percurso nas camadas jovens em Lisboa, ao serviço do Sporting, João Teixeira revelou a sua referencia no mundo do futebol e que se notabilizou no FC Porto: o luso-brasileiro Deco.

"Era miúdo e vi o FC Porto ganhar a Liga dos Campeões e a Taça UEFA. Aquela equipa era muito boa e tinha o Deco como maior referência para mim. Sempre gostei muito dele", contou.

No plantel atual, admira Brahimi, pela sua "forma de jogar", e Iker Casillas, "por todo o percurso que teve". "Mas são todos boas pessoas, trabalhadores. Foi fácil adaptar-me ao grupo e ao clube, é tudo muito organizado e as condições são top", descreve ainda.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.