Numa altura em que o futebol está em suspenso, devido à propagação da pandemia da COVID-19, Joaquim Evangelista, presidente do Sindicato dos Jogadores, veio a público defender que as competições em Portugal só devem retomar com "certezas de segurança".

"Nem pensar num regresso às competições, ou aos treinos, sem que as autoridades de saúde pública o entendam. É um posicionamento sagrado! Os jogadores nunca serão cobaias", garantiu Evangelista ao jornal A Bola.

"Todos estão ansiosos por regressar às atividades, mas ninguém o aceitará correndo riscos. A Liga pode ter os planos que quiser para finalizar a prova, porque nenhum acontecerá sem certezas de segurança", vincou.

Recorde-se que a Liga tem um plano para retomar os campeonatos profissionais no final de maio, na expectativa de os concluir em julho.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.