O plantel do Sporting confirmou em comunicado que vai disputar a final da Taça de Portugal, que está marcada para o próximo domingo, no estádio do Jamor.

"Sem embargo de os abaixo assinados não terem condições anímicas e psicológicas para de imediato retomarem a sua atividade de uma forma normal, porque a final da Taça é uma festa do futebol português, um espelho do desporto nacional, no qual estão em causa todos os profissionais de futebol, o bom nome de Portugal e a dignidade das instituições de futebol, e também pelo respeito aos seus colegas do Clube Desportivo das Aves, e por todos quantos amam e vivem o futebol, sem prejuízo das decisões que cada um tomará, honrarão a sua condição de profissionais disputando o jogo da final da Taça de Portugal",  pode ler-se no comunicado enviado às redações e assinado por todos os jogadores do plantel do Sporting.

Antes de anunciarem esta decisão, os atletas abordaram as agressões em Alcochete e sublinharam que estes acontecimentos são de uma "de enorme gravidade e impõe uma reflexão séria", falando em "consequências e eventuais a tomar por cada um, de acordo com os termos e prazos legais."

"Os abaixos assinados, jogadores profissionais ao serviço do Sporting Clube de Portugal, que constituem o plantel da equipa principal de futebol, depois de ponderarem todos os acontecimentos recentes, com particular destaque para os ocorridos ontem, na Academia do SCP, consideram que os mesmos são de enorme gravidade e impõem uma reflexão séria, calma e racional no que respeita às suas consequências e eventuais medidas a tomar por cada um de acordo com os termos e prazos legais", lê-se ainda no comunicado.

Os jogadores do Sporting não treinaram esta quarta-feira e estiveram reunidos com o presidente do Sindicato dos Jogadores, Joaquim Evangelista, no hotel Corinthia, em Lisboa, depois das agressões que aconteceram ontem na academia de Alcochete.

Os assuntos desta reunião foram, segundo o Maisfutebol, a possibilidade de rescisão unilateral do contrato e a presença, ou não, na final da Taça de Portugal frente ao Desportivo das Aves.

Sobre a possibilidade de rescindirem contrato unilateralmente, o Maisfutebol adianta que os jogadores foram aconselhados a decidir individualmente sobre este tema.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.