Pedrag Jokanovic foi oficializado como o sucessor de Manuel Machado no comando técnico do Nacional da Madeira. Na conferência de imprensa de apresentação do técnico sérvio, Jokanovic prometeu muito trabalho para tirar a equipa madeiremse do fundo da tabela e da má situação em que se encontra.

"Como adepto que sou era difícl recusar este convite. A situação não é fácil, mas aconteceu. Eu vi o plantel e tem bons jogadores. Eu estou aqui para ajudar, mas preciso que eles me ajudem”.

Sobre o que vai trazer de novo, Jokanovic admitiu que pretende construir a equipa à partir de trás e começar a sofrer menos golos.

"As coisas no futebol acontecem. Às vezes jogas bem e não ganhas jogos. Em primeiro lugar vamos começar por tentar sofrer menos golos para ser mais fácil ganhar. 0-0 dá-te um ponto e se marcares um passas para a vitória. Se sofres dois ou três golos tens de marcar mais para chegares ao empate”.

Sobre reforços:

““Não pedi nada. Como só começo a trabalhar amanhã vou avaliar os jogadores à minha disposição e só depois é que vemos se é preciso contratar em janeiro. Até agora ainda não falei de reforços”.

Palavras a Manuel Machado:

“Quero deixar uma palavra a Manuel Machado. Foi o treinador que teve mais sucesso no Nacional nos últimos 15 anos. Espero que continue a ter sucesso na sua carreira.”

Pedrag Jokanovic chega ao comando técnico da equipa do Nacional que se encontra abaixo da linha de água. A equipa madeirense está no penúltimo lugar só à frente do Tondela. A vinda do sérvio é um regresso a casa uma vez que já esteve ligado ao emblema insular.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.