Na conferência de imprensa diária de divulgação de números da COVID-19 em Portugal, a Ministra da Saúde, Marta Temido abordou o tema dos possíveis ajuntamentos de pessoas em alguns locais para verem os jogos da I Liga, que regressam a partir do próximo dia 3 de junho em sinal fechado.

A Ministra da Saúde afirma que esses ajuntamentos não poderão ocorrer da mesma forma que se observava até ao aparecimento deste vírus e que a Direção-Geral de Saúde esta´sempre preparada para emitir as orientações necessárias.

"“Por ocasião de competições desportivas, haver concentrações em determinados espaços, é evidente que não isso vai poder acontecer da forma como estávamos habituados. Nós cá estaremos sempre para dar as explicações que entendam necessárias e a Direção-Geral de Saúde certamente vai produzir os normativos que sejam considerados como adequados a que todos se sintam devidamente enquadrados", disse.

Contudo, Marta Temido realça a responsabilidade individual necessária nestes momentos.

"Mas penso que tambem há um momento em que cada uma das pessoas tem de ser assumir como pessoa e tem de ser responsável pelos seus comportamentos individuais e pelos riscos em que se coloca. Dito isto, estamos atentos, vamos acompanhar. Procuramos regular, mas acima de tudo é o comportamento individual que tem sido o melhor garante que as coisas correm bem e penes que, excepto em circunstancias especificas, as coisas tem corrido bem", disse.

As 10 últimas jornadas da edição 2019/20 da I Liga portuguesa de futebol vão decorrer à porta fechada, entre 03 de junho e 26 de julho, depois de a competição ter sido suspensa em 12 de março. A questão da transmissão em sinal aberto provocou polémica entre Pedro Proença e os clubes da I Liga, causando ainda mal-estar com as operadoras televisivas.

Com 24 jornadas disputadas na I Liga, o FC Porto lidera com 60 pontos, mais um do que o campeão Benfica.

Após a declaração de pandemia, em 11 de março, as competições desportivas de quase todas as modalidades foram disputadas sem público, adiadas - Jogos Olímpicos Tóquio2020, Euro2020 e Copa América -, suspensas, nos casos dos campeonatos nacionais e provas internacionais, ou mesmo canceladas.

Os campeonatos de futebol de França, Países Baixos, Bélgica e Escócia foram cancelados, enquanto outros países preparam o regresso à competição, com fortes restrições, como sucede em Inglaterra, Itália, Espanha e Portugal, que tem o reinício da I Liga previsto para 03 de junho, depois de a Liga alemã ter sido retomada em 16 de maio.

De acordo com o boletim epidemiológico divulgado hoje pela DGS, Portugal contabiliza 1.316 mortos associados à covid-19 em 30.623 casos confirmados de infeção.

Relativamente a sábado, há mais 14 mortos (+1%) e mais 152 casos de infeção (+0,5%).

*Artigo atualizado às 14h27

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.