Laurentino Dias reiterou esta sexta-feira a sua posição de repúdia e combate à violência no futebol, numa semana abalada pelos incidentes verificados no último Sporting-Benfica, que terminou com a vitória encarnada por 2-0. 

O Secretário de Estado do Desporto apontou o dedo às claques pelo fenómeno da violência no futebol português. «O principal problema do futebol são os grupos organizados de adeptos», disse o governante, num discurso proferido no seminário «Futebol - Um Espectáculo Seguro» promovido pela LPFP (Liga Portuguesa de Futebol Profissional).

Apelando a uma «maior interligação» entre os diferentes agentes intervenientes no futebol, Laurentino Dias explicou que o governo está atento ao fenómeno da violência e sublinha que a sua forma de combate passará por por um programa em parceria com o Ministério da Educação. O principal objectivo deste é passar os valores positivos inerentes ao desporto e à prática desportiva e reiterar o não à violência.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.