O Benfica venceu, este domingo, o SC Braga por 0-1, em jogo da 25.ª jornada da I Liga, que se disputou no Estádio AXA, em Braga. Lima (12') marcou o único golo da partida que permite manter a distância folgada para os adversários diretos. No tempo extra, Rodrigo falhou uma grande penalidade.
Depois da derrota por 1-0 contra o FC Porto na primeira mão das meias-finais da Taça de Portugal, o Benfica regressou ao campeonato nacional com o objetivo de reforçar a liderança. O adversário desta tarde foi o SC Braga, que precisava de pontos para subir na tabela e assim conseguir um lugar nas competições europeias.
O Benfica entrava nesta 25.ª jornada com 12 pontos de avanço sobre o FC Porto, que joga mais logo na Madeira contra o Nacional, e quatro sobre o Sporting, que ontem venceu em casa o Vitória de Guimarães.
Na baliza dos encarmados, Oblak regressou à titularidade no Benfica. isto face ao jogo no Estádio do Dragão. O quarteto defensivo do Benfica foi composto por Sílvio, Luisão, Garay e Siqueira, enquanto, no meio campo, Fejsa e Enzo Pérez voltaram a formar dupla. Lazar Markovic e Nico Gaitán jogaram nas alas com Lima e Rodrigo na frente de ataque.
Com muitos adeptos benfiquistas no Estádio AXA, o clube da Luz colocou-se na frente do marcador logo aos 12 minutos, numa jogada fácil e com muito espaço para Gaitán e Rodrigo, com Lima a finalizar da melhor forma, batendo Eduardo. Rodrigo e Lima conseguiram ultrapassar seis jogadores do SC Braga, numa boa combinação entre os dois avançados do Benfica e uma clara desatenção da defesa arsenalista.
Até ao final da primeira parte, o SC Braga contou ainda com um bom lance para empatar. À passagem da meia hora, na sequência de um pontapé de canto cobrado por Pardo, Rusescu cabeceou e a bola passou rente à trave, perante a passividade da defensiva do Benfica naquela área.
A etapa complementar em Braga foi mais equilibrada, com um jogo muito intenso no meio-campo e com dificuldades em criar situações de perigo perto das balizas.
Nos últimos 15 minutos, numa altura em que a equipa de Braga procurava, e insistia, o golo do empate, o Benfica conseguiu segurar a vantagem mínima e conseguir mais preciosos três pontos, isto quando faltam apenas cinco jornadas para o final do campeonato. Contudo, em tempo de compensação, o árbitro Pedro Proença assinalou grande penalidade a favor do Benfica após falta sobre Rodrigo mas, na conversão, Eduardo adivinhou o lado do remate do avançado dos encarnados, não permitindo que o Benfica aumentasse a vantagem.
Com este triunfo na capital do Minho, o Benfica volta a aumentar a vantagem para sete pontos sobre o Sporting, segundo classificado.
A equipa de Jorge Jesus joga, esta quinta-feira, às 20h05, na Holanda, contra o AZ Alkmaar, em jogo a contar para a primeira mão dos quartos de final da Liga Europa.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.