Declarações de Luís Freire, treinador do Rio Ave, e Aziz, avançados dos vila-condenses, à Sport TV, após a vitória diante do FC Porto.

Luís Freire

Análise ao jogo: "Os resultados são momentâneos e as exibições têm de ser mais consistentes. Estivemos bem na primeira parte, fomos agressivos na pressão e mandámos logo uma bola ao poste no início. Vínhamos com isso na mente: ser muito mais desafiadores do que fomos noutros jogos deste género. Incentivámos os nossos jogadores a serem muito fortes nos duelos e nas segundas bolas, explorámos a profundidade do FC Porto. Tínhamos de nos superar, o primeiro golo é uma grande jogada, e depois conseguimos sair em transição ofensiva. Na segunda parte, disse aos jogadores para procurar o quarto golo. Para olharmos para a baliza do adversário e não baixar demasiado cedo. Fomos muito coesos, lançámos malta rápida para a frente e conseguimos suster o FC Porto, apesar de eles terem pressionado mais com três homens na frente".

Veja as melhores imagens do Rio Ave-FC Porto!

Justiça: "É uma vitória justa, de uma equipa de querer, trabalho e qualidade. Parabéns aos meus jogadores que já merecia isto na semana passada. É um prémio justo, ganhar aos campeões nacionais".

Primeira vitória na I Liga: "Vamos jogar cada vez melhor. Hoje temos de festejar. É a primeira vitória deste grupo na Liga, estamos contentes, mas isto é uma maratona. São três pontos importantes, mas só são três e temos de ir ganhar mais três na próxima semana".

Desentendimento com Conceição no final: "Nada de relevante. Estamos a falar de um dos melhores treinadores portugueses de sempre, no futebol português. Tenho respeito máximo. As picardias são normais no futebol, desejo tudo de bom ao Sérgio, como a todos os colegas. Da minha parte, tudo tranquilo. Vivemos as emoções lá dentro, é futebol. Cá fora é outra vida."

Aziz

Excelente vitória: "Foi uma vitória quase perfeita, só não foi perfeita porque concedemos um golo na parte final, mas fizemos um bom jogo, criámos oportunidades e fomos eficazes. Foi quase perfeito."

Estratégia: "Não foi bem uma questão de estratégia, sabíamos que seria difícil, lutámos, criámos oportunidades e aproveitámo-las bem, não houve grande estratégia mas sim muito trabalho."

Surpreendido com o resultado ao intervalo? "Não estava muito surpreendido, lutámos muito por isso. Entrámos muito bem no jogo. A primeira vitória da época é muito importante para nós."

O campeão FC Porto sofreu, este domingo, a primeira derrota na I Liga portuguesa de futebol, ao perder por 3-1 no terreno do Rio Ave, em jogo da quarta jornada, deixando o Sporting de Braga isolado na frente.

Os vila-condenses conquistaram o primeiro triunfo na presente edição, que marca o regresso ao principal escalão, graças aos dois golos do ganês Yakubu Aziz, aos 22 e 43 minutos, e de Pedro Amaral, aos 33, num encontro em que os 'dragões' reduziram aos 90+3, pelo espanhol Toni Martínez, depois de o iraniano Mehdi Taremi ter desperdiçado uma grande penalidade, aos 62.

Com este desaire, o campeão FC Porto fica a um ponto do líder Sporting de Braga, e em igualdade com o Benfica, que tem em atraso a receção ao Paços de Ferreira, marcada para terça-feira, e o Portimonense, todos com nove, enquanto o Rio Ave sobe ao grupo dos 10.ºs classificados, com quatro.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.