No final do passado mês de dezembro, Luiz Phellype trocou o Paços de Ferreira pelo Sporting e assinou um contrato válido por cinco temporadas e meia. No entanto, o avançado brasileiro podia ter seguido outro rumo e é o próprio quem o admite.

"Tive uma proposta real do Benfica e uma sondagem do FC Porto. Escolhi o Sporting porque pensei que aqui teria muito mais hipóteses de jogar. O Benfica tinha Jonas, Seferovic e João Félix, seria difícil jogar", explicou o avançado.

"Aqui, por mais que o dono da posição fosse o Bas Dost, um ídolo do clube que fez 90 golos em três anos, só o tinha a ele. Foi uma escolha acertada porque tive oportunidades de jogar, fazer golos, mostrar a minha qualidade e ganhar título", acrescenta.

No entanto, mais recentemente, Luiz Phellype foi abordado por outro clube. "No começo desta época, quando Jorge Jesus foi para lá, o Flamengo fez uma sondagem ao Sporting. Perguntou valores aos meus representantes, mas não houve uma proposta oficial. Acho que ele tinha outros alvos. (…) Defender o Flamengo seria uma honra enorme, mas fico feliz de estar no Sporting, que é um clube grande", garantiu.

Questionado sobre a possibilidade de ser chamado à seleção nacional, Luiz Phellype revelou que "se receber o convite um dia seria uma honra. Mas não fico a pensar nisso. Só quero dar andamento no meu trabalho bem aqui no Sporting. Essas coisas acontecem sem a gente planear, o futebol tem muitas surpresas."

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.