“O Vitória de Setúbal tem equipa para surpreender o Paços de Ferreira, da mesma forma que a equipa pacense surpreendeu os sadinos na deslocação à cidade do Sado (0-1)”, disse.

Na habitual conferência de imprensa antes dos jogos, Manuel Fernandes salientou que o Paços de ferreira está numa situação mais confortável do que os sadinos porque conseguiu conquistar 10 pontos nos últimos quatro jogos, mas mostrou-se confiante num resultado positivo em Paços Ferreira.

O técnico sadino mostrou-se igualmente confiante de que a equipa sadina será capaz de amealhar os 11/12 pontos necessários para fugir aos lugares de despromoção.

“Julgo que 26/27 serão suficientes para garantir a manutenção. Nós temos 16 penso que não é difícil fazer entre 15 e os 20 pontos”, disse Manuel Fernandes, lembrando que ainda faltam 10 jornadas para o fim do campeonato.

Manuel Fernandes mostrou-se igualmente convicto de que o jogo com a Naval terá sido apenas um acidente de percurso, mas reconheceu que os sadinos não estiveram bem durante toda a partida.

“Naturalmente que o jogo com a Naval foi o jogo menos conseguido desde que estou ao serviço do Vitória de Setúbal, mas penso que próximo jogo não tem nada a ver com esse”, disse.

“O Vitória vinha numa fase ascendente e teve agora uma interrupção, num jogo em que, de facto, não justificámos aquele estatuto que vínhamos tendo”, acrescentou Manuel Fernandes.

Para o jogo de domingo com o Paços Ferreira, Manuel Fernandes tem todo o plantel à disposição, com excepção de Neca, que vai ficar amais uma semana a recuperar de uma microrrotura na coxa direita, mas apenas por precaução, de forma e evitar uma eventual recidiva.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.