O presidente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), Mário Figueiredo, afirmou hoje estar confiante na aprovação do alargamento dos escalões profissionais, sustando estar apenas à espera da decisão do Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol.

O FC Porto pediu o efeito suspensivo do alargamento da Liga para 18 clubes, situação que não preocupa Mário Figueiredo, embora não se prolongue sobre prazos.

«Acredito que o alargamento vai ser aprovado. Estamos à espera da posição do CJ da FPF sobre este efeito suspensivo e depois, então, teremos o alargamento da Liga. Tudo faremos para que seja aprovado», disse Mário Figueiredo à margem da entrega da Taça de Campeão da Liga de Honra ao Estoril-Praia.

No que toca ao alargamento do quadro competitivo da Liga de Honra, no qual o FC Porto já adiantou não querer criar equipa “B", deixa em aberto uma vaga. Nesse aspeto, Mário Figueiredo é claro e diz que os regulamentos preveem este tipo de situações.

«Neste caso, segundo os regulamentos, permanece na Liga de Honra o 15.º classificado», concluiu Mário Figueiredo, numa referência ao caso do Sporting da Covilhã, que assim poderá não descer de divisão.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.