O Marítimo anunciou hoje a saída do extremo brasileiro Ibson, que estava no clube madeirense, atual 15.º classificado da I Liga portuguesa de futebol, desde o verão de 2017.

Após ter realizado 23 partidas na primeira temporada (2017/18) ao serviço dos ‘verde rubros', com um golo apontado, o jogador, de 29 anos, jogou apenas três vezes em 2018/19 e rescinde agora o contrato, que o vinculava ao clube até junho de 2019.

“Em primeiro lugar, quero agradecer a todos por este ano e meio que passei no Marítimo. Foi um processo de aprendizagem muito importante na minha vida conhecer este clube por dentro. Quando chegas a uma casa destas e vives essa realidade por dentro, tornas-te maritimista de alma e coração", referiu, em declarações exclusivas ao sítio oficial do Marítimo.

Ibson chegou ao Marítimo no verão de 2017, proveniente dos cipriotas do Ermis Aradippou, e não esquece as pessoas que o ajudaram nos tempos vividos na Madeira.

"Nesta altura quero agradecer a todos pela oportunidade que me deram, nomeadamente ao presidente, Carlos Pereira, que esteve sempre ao lado do grupo e foi sempre honesto connosco. Esta é uma altura difícil para o clube e ele tem de tomar decisões que temos de apoiar e respeitar porque no pensamento dele está sempre o bem do clube”, disse, agradecendo também “aos adeptos e a todo o grupo de trabalho".

O extremo admitiu que nunca esteve num "grupo tão unido" como o que encontrou no Marítimo e que o "futuro só reserva coisas boas".

A menos de uma semana do começo de um novo ano, o desejo é que o emblema madeirense consiga reverter a atual situação, numa altura em que soma 14 jogos sem vencer.

"Quero desejar a todos um 2019 cheio de felicidades e que continuem do lado da equipa para que consigamos todos juntos sair desta situação. O Marítimo merece estar sempre no primeiro terço do campeonato a lutar pelos lugares europeus", destacou.

Ibson é a segunda saída do Marítimo anunciada hoje, depois de o internacional português Danny também ter rescindido contrato com o clube ‘verde rubro'.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.