Em declarações à agência Lusa, Mesquita Machado disse-se "optimista" e com "expectativas positivas" para a importante partida: "No final espero que a vitória seja do meu clube", desejou.

De resto, espera "um jogo bem disputado e, acima de tudo, um resultado resultante do esforço dos atletas nas quatro linhas", além de uma "arbitragem correcta" do trio chefiado por Olegário Benquerença.

Para Mesquita Machado, há 34 anos no poder, "vão estar em campo duas excelentes equipas e qualquer uma delas pode ganhar o título", avançou.
Confrontado com o facto dos responsáveis bracarenses ainda não assumirem a luta pelo campeonato, respondeu: "Eu sou um adepto e julgo que o Sporting de Braga tem grandes hipóteses de ganhar o título, tem menos um ponto que o Benfica e menos um jogo, portanto…".

O autarca lembrou que um empate basta para a equipa minhota voltar à liderança "por direito próprio", já que "o Benfica lidera o campeonato há três semanas porque antecipou um jogo", frisou.

Mesquita Machado destacou ainda a ausência de Vandinho, "uma pedra fundamental no meio campo". "O Conselho de Justiça [da FPF] ainda não decidiu sobre o recurso e ele não pode jogar, infelizmente, mas o Sporting de Braga já provou que tem substitutos à altura".

Da cidade dos arcebispos vão viajar cerca de 2000 adeptos, mas o edil não estará entre eles: "Os jogos em casa assisto-os todos no estádio, fora vejo pela televisão", disse, admitindo que "sofre mais" desta última forma.

"Estou sempre nervoso e ansioso, mas pela televisão sinto-me mais nervoso e fumo mais [charutos]", revelou.

Ricardo Amorim, um dos responsáveis pelo www.superbraga.com, sítio com quase 15 mil visualizações diárias e principal fórum cibernauta dos adeptos bracarenses, afirmou à Lusa que, "como bom braguista", está "confiante na equipa técnica e nos jogadores" para uma vitória em pleno Dragão.

"Vamos vingar o outro Arsenal, o de Londres, e vamos ganhar precisamente por 2-1, golos de Meyong e Hugo Viana", atirou em tom de brincadeira.

Sobre a candidatura ao título confessa que "estava algo céptico" no princípio da caminhada, mas que a crença foi fortificando-se com a passagem das jornadas e agora julga que, depois do jogo de domingo, passará a ser uma luta entre "4 e 6 milhões de portugueses".

Para o engenheiro informático de 46 anos, se o Braga fosse campeão poria termo a "anos de bafio" e podia originar "uma mudança de ciclo para bem do futebol português, seria a sua emancipação", considera.

Segundo fonte do clube, os 2000 bilhetes pedidos ao FC Porto estão praticamente esgotados.

Primeiro "desapareceram" os 1500 iniciais em poucos dias, tendo sido depois solicitados mais 500 dos quais restam muito poucos, pelo que o Sporting de Braga terá um forte apoio nas bancadas do estádio portista.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.