Em comunicado à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a SAD do Benfica dá conta de que os direitos de Ramires foram alienados a título definitivo à empresa Jazzy Limited.

Já a alienação dos direitos económicos de Airton e Kardec foram alienados ao Benfica Stars Fund (Fundo especial de investimento mobiliário fechado), que é gerido pela ESAF (Espírito Santo Fundos de Investimento Mobiliário SA).

No caso de Ramires, que se encontra na África do Sul em representação da selecção brasileira, o Benfica detinha a totalidade do passe, conforme comunicado à CMVM por altura da contratação do jogador ao Cruzeiro por 7,5 milhões de euros.

Ramires tem contrato por mais quatro épocas desportivas e uma cláusula de rescisão de 30 milhões de euros.

Airton, médio campeão brasileiro pelo Flamengo e mais tarde pelo Benfica, e Kardec, foram reforços adquiridos no mercado de Inverno da última época.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.