O central benfiquista Lucas Veríssimo, em estreia, é a novidade na lista dos convocados do Brasil, para os jogos de junho com Equador e Paraguai, das eliminatórias sul-americanas para o Mundial de futebol de 2022.

“O que traz o Lucas é o grande trabalho dele na reta final do Brasileirão e na Libertadores, disputando o título, e a sequência de trabalho dele no Benfica, onde chegou e se adaptou rapidamente ao clube”, explicou Cléber Xavier, adjunto de Tite.

O elemento da equipa técnica da seleção ‘canarinha’ adiantou que o jogador contratado pelo Benfica ao Santos foi observado “in loco” e “tem elevada técnica e domina a posição”.

“É um atleta que a gente vê com uma grande sequência de trabalho, com mais crescimento ainda. Trazemos para observar de perto e para nos poder ajudar”, explicou.

Além de Lucas Veríssimo, central de 25 anos, também foi chamado, como habitualmente, o extremo benfiquista Everton, numa lista que integra ainda o regressado Dani Alves, lateral direito de 38 anos, presentemente no São Paulo.

O Brasil defronta o Equador em 04 de junho, no Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre, e, quatro dias depois, mede forças com o Paraguai, em Assunção.

“O momento é de ter contacto humano com os atletas e repetir o desempenho do jogo com o Uruguai [2-0 fora, em 17 de novembro de 2020]. Tentar retomar o padrão, que é o objetivo e a essência, e continuar a ganhar", projetou o selecionador Tite.

Depois de quatro jornadas, o Brasil lidera a zona sul-americana de qualificação para o Mundial do Qatar2022 com o pleno de 12 pontos, contra 10 da Argentina e nove do Equador.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.