"Compreendemos a vontade de Paulo Sérgio e a ambição de poder treinar o V. Guimarães, não cortamos as pernas a ninguém. Acontece que até agora não recebemos qualquer convite formal nesse sentido. Paulo Sérgio é treinador do Paços e contamos com ele", afirmou hoje Fernando Sequeira, depois de ser tornado público o interesse do V. Guimarães no treinador pacense, considerando-o o sucessor ideal de Nelo Vingada no comando técnico dos minhotos.

O líder dos pacenses assumiu que está "disposto a negociar", mas deixou claro que a saída terá de ser discutida entre os dois clubes de forma oficial. "Exigiremos os nossos direitos, mas até ao momento não há quaisquer negociações. O técnico tem contrato até ao final da época. As pessoas são sérias, são profissionais e se há um contrato há que cumpri-lo", sublinhou, sem deixar de vincar a prioridade do P. Ferreira: "Queremos chegar aos 30 pontos para nos mantermos na Liga".

Confrontado com a hipótese de já ter conversado com Emílio Macedo sobre a troca de técnico, Fernando Sequeira remeteu-se a uma postura defensiva: "Não houve qualquer contacto formal. Já trocámos impressões mas não passam de isso mesmo, são apenas hipóteses."

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.