O treinador da Académica, Pedro Emanuel, manifestou hoje a intenção de disputar no domingo, em Coimbra, os três pontos contra o FC Porto, em jogo da sétima jornada da Liga portuguesa de futebol.

«Queremos uma Académica forte a jogar em casa, consistente, e a assumir o que é a sua verdade em termos de jogos caseiros (só vitórias). Estamos a jogar contra o campeão e temos de ter isso em conta. O FC Porto tem um coletivo forte, mas queremos contrariar o poderio deles e procurar mostrar uma acutilância ofensiva, sempre que temos bola. Respeito sim, medo nunca», disse o técnico.

Na antevisão ao encontro de domingo com os campeões nacionais, o técnico da "Briosa" afirmou que os "dragões" vêm a Coimbra com o objetivo de regressar às vitórias e contrariar os últimos resultados negativos (dois empates e uma derrota), mas lembrou que os "estudantes" não se vão desviar da conquista dos três pontos.

«O FC Porto virá a Coimbra na máxima força, porque tem objetivos altos. Não penso que iremos pagar a fatura. A Académica atravessa um bom momento, está moralizada, mas não nos desviamos da nossa maneira de pensar. Temos uma equipa jovem, com um sentimento ambicioso, mas temos a nossa realidade e sabemos o que vamos encontrar do outro lado do campo», salientou o técnico.

Pedro Emanuel concluiu que irá «defender intransigentemente os interesses da Académica», apesar da sua ligação sentimental ao clube portuense.

«Sou treinador da Académica com muito gosto e prazer. Será um sentimento especial, porque vamos defrontar o campeão nacional. Não vou negar a minha ligação ao FC Porto, mas vou defender intransigentemente os interesses da Académica. O mais importante é irmos em direção ao que são os nossos objetivos», concluiu o técnico.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.