Ansu Fati é a nova coqueluche do Barcelona. Aos 16 anos, o jovem tem sido peça de destaque nas escolhas de Ernesto Valverde neste início de temporada e já está a despertar muita curiosidade.

Mas antes de se estrear pela equipa principal dos catalães, o guineense esteve a um passo de trocar La Masia, a famosa academia do Barcelona, pela Academia do... Sporting.

O pai de Ansu Fati esteve em Portugal neste verão para tratar da mudança do filho para o emblema lisboeta, mas não gostou da proposta dos leões que ofereciam apenas um lugar na equipa de juvenis, quando o Barcelona o dava como certo na equipa B.

"Fui contactado por um amigo ligado ao Sporting, o Rui Casteleiro, para colocar lá o Ansu. Ele foi até hoje a única pessoa em Portugal que se mexeu a sério. Vim a Alcochete no Verão para perceber essa possibilidade, sentei-me com um dirigente, era para ser o Vidigal, acabou por não ser, mas depois fiquei meio de boca aberta quando me disse que o queriam inscrever nos juvenis. Ouvi-o 20 minutos, a minha reação foi de achar que estavam a brincar comigo, disse-lhe que o Barcelona garantia a equipa B e que não fazia sentido ter vindo de propósito de Espanha, de avião, para ouvir esta proposta. Achei que era brincadeira, fui embora e nunca mais se falou no Sporting", afirmou Bori Fati em declarações ao jornal A Bola.

"Naturalmente pouco depois surgiu a assinatura do contrato com o Barcelona, mas posso garantir que se o Sporting lhe tivesse dado uma boa posição, falado da equipa B, ficava em Portugal. O dinheiro nunca teria peso. Ele é juvenil mas com futebol maior. Quem falou comigo não percebeu isso, eu paguei avião apenas para conhecer a cidade desportiva do clube", acrescentou.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Desporto. Diariamente. No seu email.

Notificações

SAPO Desporto sempre consigo. Vão vir "charters" de notificações.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.