Gil Vicente e Beira-Mar anularam-se hoje, ao empatarem a zero o jogo que encerrou a sétima jornada da Liga portuguesa de futebol, realizado no Estádio Cidade de Barcelos.

Os barcelenses fizeram tudo para conquistar os três pontos, mas o Beira-Mar provou a razão de ser atualmente a melhor defesa do campeonato com apenas dois tentos sofridos.

A primeira parte foi monótona e sem grande interesse, em que os respetivos setores defensivos se sobrepuseram aos ataques. As situações de golo não aconteceram, exceção a um remate intencional dos aveirenses, aos 15 minutos, que foi intercetado pelo corpo de um defensor local.

Na segunda parte, o Gil Vicente tomou conta do encontro e o Beira-Mar optou por defender.

Aos 64 minutos, Halisson cabeceou rente ao poste, após livre de Richard, e, aos 70, Júnior Caiçara quase surpreendeu Rui Rego, ao apontar um pontapé de canto, que levou o guarda-redes a desviar a bola para a barra.

Numa altura em que o empate já agradava à equipa de Rui Bento, este viu a tarefa ficar mais complicada quando Joãozinho vê o segundo cartão amarelo e é expulso.

Estavam decorridos 71 minutos de jogo e os barcelenses, com mais uma unidade, pressionaram ainda mais no ataque, só que não tiveram arte e clarividência para desfeitear a bem organizada defensiva visitante.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.