A deslocação a Leiria não se avizinha fácil, “como nunca é”, e Paulo Sérgio, técnico do Sporting, é o primeiro a admitir. Com muitas ausências, devido a lesão, e campeão das bolas à trave, o treinador não usa isso como desculpa.

“As ausências são de lamentar sempre. Como tenho dito, nunca arranjei desculpas para nada, tenho a confiança máxima naqueles que vão para Leiria”, sublinhou em conferência de imprensa de antevisão ao jogo, que decorreu este sábado na Academia, em Alcochete.

Paulo Sérgio adianta que “a equipa não tem de se sentir influenciada pelo que foi a última jornada do Leiria, no Dragão”, esperando um adversário “como vinha a jogar antes de ir ao Dragão, em losango”, contando com os “regressos de Vinicius, Silas e Carlão”. “Foi uma experiência que não foi feliz”, refere, sobre a saída do trio na última jornada por opção de Pedro Caixinha, sem querer “criticar”.

Quanto à questão das bolas ao poste, refere que “não é motivo de brincadeira entre o grupo” e que “não é uma questão comentada”.

Dos onze que domingo entrarão em campo, apenas admite que “Rui Patrício é titular”. Em relação à última convocatória, saem Liedosn e Matias Fernandez, por lesão, e entram Saleiro e Yannick, recuperados, e que poderão ajudar Helder Postiga na frente de ataque.

O Sporting joga domingo em Leiria, frente à União, em encontro da oitava jornada da Liga, a partir das 20h15.

Convocados:
- Rui Patricio, Torsiglieri, Daniel Carriço, Evaldo, Maniche, Saleiro, Valdés, Tiago, Yannick Djaló, Zapater, Helder Postiga, André Santos, Diogo Salomão, Cédric, Nuno André Coelho, João Pereira, Vukcevic e Abel.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.

Ajude-nos a melhorar o SAPO Desporto