Nuno Espírito Santo, treinador do FC Porto, comentou o triunfo dos 'dragões' na receção ao Arouca, por 3-0, em partida da oitava jornada da Liga 2016/17.

"É uma boa dinâmica, são quatro vitórias em provas diferentes. Mostra que o caminho é este. É fundamental jogar no Dragão. Foi um bom jogo, os adeptos ajudaram-nos e nós retribuímos com uma boa exibição e resultado. Não passámos por sobressaltos, o Arouca não conseguiu chegar à nossa baliza com perigo. Demos mais um passo para o crescimento da equipa", defendeu o técnico em declarações à Sport TV.

O treinador falou também sobre as exibições de André Silva e Diogo Jota. "É importante que estes dois jovens se sintam dentro da dinâmica da equipa e consigam colocar a sua irreverência em prática. Não gosto de individualizar, a equipa esteve toda bem", analisou.

"Grande golo de Brahimi? Temos 26 jogadores empenhados, foi mais um que fez um bom trabalho", realçou também.

Nuno explicou ainda porque fez entrar Rúben Neves para o meio-campo portista. "Tivemos um ciclo complicado de três jogos em oito dias, é importante fazer a gestão. O Rúben dá equilíbrio no meio-campo e o Óliver também fez um excelente trabalho".

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.