O antigo futebolista do FC Porto Jorge Andrade defendeu esta quarta-feira a continuidade de Nuno Espírito Santo como treinador dos 'dragões' na próxima temporada, mesmo que "não vença o título" este ano.

"Tendo o Nuno Espírito Santo conquistado os adeptos e feito um trabalho de menos a mais, claro que seria um erro não apostar no Nuno outra vez, mesmo não vencendo o campeonato", começou por afirmar.

À margem do Estoril Open em Ténis, o ex-defesa central foi ainda desafiado a comentar se gostava de ver o atual treinador do Hull City, de Inglaterra, Marco Silva, no comando dos ‘azuis e brancos', mas preferiu elogiar o antigo colega de equipa e insistir que o "futuro pertence a Nuno Espírito Santo".

Relativamente à próxima jornada, Jorge Andrade acredita que tanto para FC Porto, diante do Marítimo, e Benfica, frente ao Rio Ave, os jogos serão de "dificuldade elevada" e alertou para as ambições europeias de madeirenses e vila-condenses.

A terminar, Jorge Andrade explicou ainda que o FC Porto não soube aproveitar os deslizes no Benfica por "não ter a estrelinha de campeão", acreditando numa "reviravolta" na tabela.

"O Nuno ainda não teve essa estrelinha de campeão, mas até final ainda pode acontecer alguma reviravolta, porque se as equipas [FC Porto e Benfica] ficarem em igualdade pontual vão contar os golos e o FC Porto tem vantagem. Não podem mandar a toalha ao chão", concluiu.

Seja o melhor treinador de bancada!

Subscreva a newsletter do SAPO Desporto.

Vão vir "charters" de notificações.

Ative as notificações do SAPO Desporto.

Não fique fora de jogo!

Siga o SAPO Desporto nas redes sociais. Use a #SAPOdesporto nas suas publicações.